segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Dezembrite

Eu sofro desse mal!

Todo final de ano é a mesma coisa na Karenlândia...
Ares de melancolia, nostalgia super presente, uma tristezinha aqui outra ali, sensibilidade exagerada, etc e tals...

Nunca fui muito de curtir Natal e Ano Novo!

Quando eu era criança, o Natal era sempre aquela festança, com aqueles montes de primos, montes de comidas, saindo da casa de uma avó para ir pra outra, presentes, movimento, correria. Com o passar do tempo, a coisa foi ficando cada vez mais devagar... Hoje se resume a eu, meu pai, minha mãe e minhas cachorras, comendo sanduíche de tender, chorando um pouquinho e indo dormir meia-noite e dez (olhos marejados já).

Quanto ao Reveillon, aí é crise minha mesmo. Ainda não consegui descobrir exatamente a razão, mas fico sempre com o coração apertado!

Isso tudo sem contar a mania de balanços anuais (sempre meio frustrantes) e as promessas para o ano novo (sempre tão complicadas).



Vou ali chorar um pouquinho e volto mais tarde!

2 comentários:

Clarissa disse...

parece que li um relato sobre o natal feito por mim mesma...

mas o ano novo eu sempre amei... quero sempre mais festa...

ano passado foi sensacional... esse ano vai ser ducaráááleo tb!!!

mas essa choradeirazinha básica é normal... refletir é normal... desejar, sonhar, é normal...

e bora começar tudo de novo... rss

Fernanda disse...

Vamos dar as mãos e sair correndo!

E a união vai fazer a força!

Acho foda essa época, tbém (ainda mais esse ano com uma perda tão recente na família)

beijosssssss