segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Tom Jobim

É,
Só eu sei
Quanto amor
Eu guardei
Sem saber
Que era só
Pra você.

É, só tinha de ser com você,
Havia de ser pra você,
Senão era mais uma dor,
Senão não seria o amor,
Aquele que a gente não vê,
O amor que chegou para dar
O que ninguém deu pra você.

É, você que é feito de azul,
Me deixa morar nesse azul,
Me deixa encontrar minha paz,
Você que é bonito demais,
Se ao menos pudesse saber
Que eu sempre fui só de você,
Você sempre foi só de mim.

Já viu alguém sonhar com música?
Pois então, sonhei com essa hoje...

2 comentários:

Euzinha disse...

Puxa, prima linda, eu também derreto com essa música. Se vc está sensível, cuidado com "Passarim", do mesmo Tom... Já nocauteou várias vezes eu e a Miri! Bjos, linda!

Clarissa disse...

LINDA!