quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Saudade

Hoje a saudade é das minhas primas, das minhas tias, da minha madrinha, da Carolina, da Vó Sálua, dos tempos de escola, do meu professor de fotografia, dos meus amigos de curso, das meninas de Paris, dos meus amigos de prédio, do meu primeiro amor.

Em todo verão tenho saudade da Bahia, das piscinas, do acarajé, do calor, de Guarajuba, do mar, da barraca do Camilo, do Mercado Modelo, do Pelourinho, do medo de tocar berimbau, da costa do Sauípe, do all inclusive, de tomar tequila com a Clá e a Nê no bar da piscina, de arder de tanto sol, de pular o carnaval, do Camaleão, do Durva meu rei, de virar a garrafa de água em cima da cabeça, de encher a cara de caipirinha de umbu, de Itacimirim.

Isso sem esquecer as saudades de quem tá aqui do lado.
E aquela de quem eu vi outro dia, mas que já existe.

"Saudade é um pouco como fome. Só passa quando se come a presença."

Clarice Lispector (seeeeeempre)

4 comentários:

Clarissa disse...

saudade... há um ano estávamos em Sauipe!!! ai ai ai....

SAUDADEEEEE

Fernanda disse...

Apesar de ter te visto no sábado, já tô com saudades....

Beijos

Euzinha disse...

Ai, prima linda, seus textos são incríveis. Como vc escreve deliciosamente... Eu também tenho saudade da "sete" e do "jede"... Saudades de vcs... O bom é que saudade, nem sempre, é ausência. No nosso caso, sinto vc mais perto acompanhando sua cabeça pensante, Ká. LINDA! ABSO-FUCKING-LUTELLY!

July Malta disse...

Saudade... a não quero falar de tudo o que tenho saudade..
Mas é um sentimento bom as vezes, acalenta o coração.
Amiga, hoje tenho saudade de vc,.
Bjos