segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Reforma alheia

Eu juro que eu queria começar o dia com um texto super inspirado, ne verdade ia começar hoje minha declaração de amor pelas madrugadas.

Mas eu simplesmente não consigo pensar com essa reforma aqui em cima!!!!!
A pessoa que comprou já derrubou tudo, já serrou, pintou, montou e hoje acho que está lustrando (ou é isso ou ele vai guardar um helicóptero no apartamento).

Para tentar abstrair um pouco, coloquei pra tocar um cdzinho que estava largado sem nome em cima do rádio. Deu certo, é a seleção de axé que eu fiz depois do último carnaval da Bahia, em 2006. Agora, por exemplo, tá tocando Eu quero esse amor, do Chiclete. E não tem como não dançar na cadeira e viajar automaticamente lá pra Castro Alves, com aquele calor insano, aquele monte de gente no Camaleão e eu, Rud, Pri, Lê e Thá pulando como loucas. Delíciaaaaaaaaaaaaa!

2 comentários:

Fernanda disse...

Eu vou voar, atrás desse amor, vou encontrar, seja onde for, eu quero esse amor, eu quero esse amor, eu quero esse amor...

Uhuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

Clarissa disse...

karen querida, alguma vez na sua vida, ja pensou em ter uma casa noturna... ou qq coisa, na área de entretenimento, mas que fosse noturno... putz... pens nisso e me chama pra trabalhar pra vc se um dia se concretizar...

(delirei aqui agora com as possibilidades)