sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Shaya!

Hoje resolvemos inovar e mudamos nossos locais clássicos de reunião...
Chega dos mesmos, como diria aquele político há um tempo atrás!
É sempre bom mudar um pouco os ares, ver gente diferente e poder pedir pratos novos...

(((Pra quem não sabe, eu sou totalmente escrava dos pratos que eu gosto nos restaurantes de sempre... Se vou no América, tenho que pedir salada de carpaccio, se é Almanara, salada Agadir e kafta no espeto, se for Bela Sintra, bacalhau à Lagareiro, no Antiquarius, sempre picadinho, no Quattrino sempre penne Galisteu e por aí vai...)))

Então, por convite de um dos sócios (chiiiiiiiqueeeeeeeeee) fomos hoje (eu, July e Lê) ao Shaya.

O ambiente é show! Lembra o Kong, de Paris, com as cadeirinhas de plástico e a iluminação modernosa. Ah, mais uma de Paris: serviram soja de entrada e eu super sabia comer graças ao Buddha Bar!

A comida também excelente... eu e a Jú fomos de Japa e a Lê comeu um filé com molho de gengibre divino (que da próxima vez eu peço com certeza). Até o abacaxi de lá é mais legal. O café então, com tampinha, um mimo!

Hoje era a estréia do Dj Puff. E foi difícil não sair dançando no meio do restaurante quando ele emendou Mercy e Rehab! Tuuuuuuudo! Dava vontade de correr pro banheiro pra dançar, porque lá o som tocava bem alto.

Pra embalar tudo isso, a companhia das guerreiras (que se arrumam em 10 minutos), o papo que não acaba e que vai desde os planos para amanhã até as memórias de tempos remotos.
Ainda passamos pelas lembranças da Vuitton, que rendeu risadas graças ao fanatismo exacerbado do meu ex/ chefe/ mexicano/ gay que amava com todas suas forças a Wanessa Camargo (esposa de um dos sócios da casa) e que cantava todas as músicas do cd com aquele sotaque estranho... Dou risada sozinha só de lembrar!

Foi um ótimo começo de fim-de-semana.
Tomara que essa energia e esse bom humor perdurem por esses dias.

2 comentários:

July Malta disse...

Ai que máximo esse post do Shaya. Adorei o programa, e claro, a companhia.
Não tenho nada a adicionar além do que já foi dito, o lugar é um show, gente bonita, música boa, comida deliciosa.

Fernanda disse...

Ai que delícia!
Que lindo o lugar!
Não aguentava, mesmo... mas vamos combinar qqer dia desses...

beijos